top of page
  • Foto do escritorGabriela Traversim

Pipoca, Fogueira e Leitura: Livros Imperdíveis para Celebrar a Festa Junina.

Com a chegada do mês de junho, os nossos corações se aquecem ao ritmo das festas juninas, e neste último sábado, dia 08/06, a comunidade Uirapuru celebrou ao som das cirandas, ao cheiro de milho assado e à vista das coloridas bandeirinhas e ilustrações feitas pelas crianças e adolescentes da escola. Mas não é só no dia da festa que o espírito junino contagia: o clima de celebração, tradição e alegria se estende ao longo do mês e permeia até o final de julho. E que melhor maneira de prolongar essa atmosfera festiva do que mergulhando em livros que capturam a essência única dessa festa tão brasileira? Prepare-se para descobrir uma seleção encantadora de obras que vão te transportar para os arraiás mais animados e repletos de histórias memoráveis.

Festas Juninas: festas brasileiras - Toni Brandão. 

Essa narrativa de ficção de Toni Brandão conta a história de Maria, uma jovem que desejava muito se casar e pedia, fervorosamente, a Santo Antônio o santo casamenteiro, um esposo dedicado e amoroso. Mal sabia a moçoila, que Antônio (não o santo, mas o afilhado de seu pai, João) estava em vias de pedi-la em casamento. Porém, outro pretendente apontava no horizonte da moça: Pedro, outro afilhado de seu pai, também estava na intenção de se casar com a bela jovem. Sem spoiler de quem foi o escolhido, o impasse é resolvido e a celebração do casamento se dá em um arraiá bonito e cheio de cores e comidas, em agradecimento ao santo casamenteiro. 


Uma festa de cores: Memórias de um tecido brasileiro - Anna Gobel e Ronaldo Fraga.

A chita é um tecido muito característico da Festa Junina! Muitas saias, vestidos e retalhos que enfeitam calças e camisas são feitos de chita. Mas você conhece a história desse tecido tão colorido? Ana Goebel e Ronaldo Fraga se juntam, neste livro, para contar as diversas histórias que envolvem este tecido lindo e popular, que dá cor e vida a diversas festas, de norte a sul do nosso país.  

Poema do Milho - Cora Coralina.

Este singelo poema de Cora Coralina é todo dedicado ao milho, o rei da festa junina! Com o milho, muito se faz: de suas sementes, quando in natura, se faz sopa, caldos e doces, curau e pamonha. Transforma-se, quando seco, em canjica, canjiquinha e pipoca. Da sua palha e espiga, muitos artesanatos, bonecas, cestos, bolsas e artefatos de decoração: produtos que compõem a renda de muitas pessoas. O milho é um alimento fantástico e que merece toda essa atenção que lhe é dada nesta época tão especial. Publicado no livro “Poemas dos Becos de Goiás e Estórias Mais”, esta ode a este alimento tão junino, brasileiro e popular conquista a todos. 

Brasil Folião - Fátima Miguez.

A história do Brasil é marcada por folias: festas populares, muita música e cultura do povo brasileiro. Este livro, escrito por Fátima Miguez e ilustrado por Mauricio Negro,  é repleto de informações sobre diferentes folias que compoem a nossa cultura popular. O livro, além das ilustrações do artista Maurício, é repleto de obras de outros artistas tão importantes quanto, do período colonial até a contemporaneidade. É possível ver obras de Jean Baptiste Debret, Cândido Portinari, Tarsila do Amaral, Di Cavalcanti, Constância Nery e muitos outros!

Bumba-boi - Fabiana Ferreira Lopes.

O Bumba meu boi já apareceu aqui no blog, ano passado. O bumba-boi nasceu da união entre as culturas indígena, europeia e africana. Diz a lenda que foi no século XVIII, no noroeste brasileiro. Ele ficou muito famoso no Maranhão e todos os anos os festeiros se encontram na rua para brincar, vestem fantasias coloridas e brilhantes, feitas de veludos e fitas.

Quadrilha - Terezinha Alvarenga.

A quadrilha, dança tipicamente junina, principalmente na região sul e sudeste do Brasil, teve inspiração nas danças europeias. A Quadrilha é embalada pela música caipira, tradicional nestas regiões, com muita sanfona chiando! O livro de Terezinha Alvarenga, também é uma narrativa ficcional, que conta a história Lu, Luiz, Lina, Leo e Laurinha, cinco irmãos que estão vivendo as festanças juninas do Arraiá de Maricá, em uma fazenda no interior do estado. A história é carregada de elementos juninos: quitutes, danças, o pau-de-sebo, foguetes e balões e também é marcada pelas lembranças pessoais da autora, que serviram de inspiração para a composição da obra. 

Rimas Juninas - César Obeid.

Outro livro que também já foi citado outras vezes aqui no blog, mas não dá para deixar de falar dele é o Rimas Juninas. Os cordéis de César Obeid embalam os ouvidos dos entusiastas por literatura e festa junina e este livro, rico em cores, rimas e sabores, é um deleite para os olhos e ouvidos. Este é um livro sobre origens e significados: as tradições das bandeirinhas, das comidas, das danças e das festanças, tudo isso rimandinho numa métrica de cordel. 

Bandeira de São João: peça em um ato - Reinaldo Corrêa de Brito.

O livro de Reinaldo Corrêa de Brito é uma peça teatral que celebra a prosperidade, fertilidade e fartura que vem das colheitas e que compõem parte do imaginário junino. Ronaldo nos conta, em uma narrativa cheia de metáforas, a história do desaparecimento do sol. Esse fatídico acontecimento impede que o noivo e a noiva se casem, a Boneca de Milho não amadurece em espiga e o pássaro Uanari não canta mais. O povo então, descobre que só há uma maneira de trazer a alegria de volta: realizar o casamento e dançar uma quadrilha, procurando o sol e trazendo-o de volta aos céus. Os personagens passam por vários obstáculos nessa jornada, mas sem perder a coragem e o sonho.


Festas juninas, festas de São João: origens, tradições e história - Lúcia Helena Vitalli Rangel.

O livro de Lúcia Helena é um compilado de diferentes gêneros textuais: tem prosa, tem poesia, tem receita e informação. O livro foi patrocinado pela empresa Yoki e seu exemplar pode ser difícil de ser encontrado, mas isso não deixa a obra menos interessante! A autora selecionou diversas informações sobre as comemorações juninas no Brasil, apresentando um contexto histórico e cultural, nas cinco regiões do país. Ao final do livro, o leitor encontra uma descrição das danças, sugestões para encenação do típico casório, jogos, músicas e claro, receitas de comidas e bebidas típicas. 

Festas: O folclore do mestre André - Marcelo Xavier.

Este livro de Marcelo Xavier conta a história das origens e características das festas populares brasileiras, conta com todas as informações necessárias para você ficar especialista nas festas que fazem parte da nossa cultura, como as influências e adaptações que as festas receberam ao longo dos anos, a fé e a alegria que sempre estão presentes nessas festas! O livro ganhou o prêmio Jabuti de Melhor ilustração infantil ou juvenil concedido pela Câmara brasileira do livro.

Festa Junina - Susana Ventura e Patrícia Sant’Ana Scheld. 

Escrito e pensado em meio a pandemia de COVID-19, Susana Ventura (autora) e Patrícia Sant’Ana (ilustradora) se conheceram no Brasil, mas durante a pandemia Patrícia estava na Alemanha e Susana no Brasil. Juntas, escreveram esse livro entre maio de 2020 e abril de 2021. Nenhuma delas comemorou a Festa Junina durante esse período, mas a festa que está no livro iluminou e deu esperança da melhora que viria em breve. 

Folias e folguedos do Brasil: ciclo junino - Inimar dos Reis. 

O livro do brincante, músico e pesquisador de folclore Inimar dos Reis (que já marcou presença em outras festanças aqui do Colégio Uirapuru), apresenta uma rica coleção de cantos e danças vinculadas a um dos ciclos festivos mais importantes do Brasil: o ciclo junino. Folias e folguedos do Brasil, tem como objetivo divulgar as raízes da cultura popular brasileira. Entre as manifestações abordadas pelo autor estão: Bendito de São João, Folia de São João, Catira, Cana verde, Dança do café, Bumba meu boi e Quadrilha. 


100 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page