• Paula Lima

Coisas da vida


Olá, famílias, como vocês estão?


Esperamos de verdade que estejam todos bem, conseguindo manter o isolamento e a saúde mental nestes tempos desafiadores. Adultos e crianças têm lidado com uma situação inédita de incertezas, inseguranças e uma quantidade grande de coisas totalmente novas, como aulas em casa pelo computador - no caso das crianças - e o desafio de manter os filhos motivados para aprender em frente a uma tela - no caso dos adultos.


Leia mais:

[Uma visita à nossa própria casa]

[Não pira - respira!]


Sabemos que tudo isso pode causar estresse em todas as partes, especialmente depois de tantos meses. Porém, que tal tentar encarar este momento como uma oportunidade única e prática de aprendizado e crescimento? Afinal, as crianças estão rodeadas de conhecimentos não escolares - de experiências de vida - que são muito valiosos. Entre muitas outras dinâmicas, elas têm tido a oportunidade de:

  • saber o que é viver durante uma crise histórica mundial (pode não parecer, mas é um aprendizado enorme!)

  • lidar com a frustração, o tédio e o cansaço de maneira mais intensa

  • administrar imprevistos e desenvolver a flexibilidade

  • participar bem mais ativamente dos cuidados com a casa

  • entender a importância e a necessidade de agir e pensar coletivamente

  • praticar a empatia e o respeito

Para que essas experiências sejam vividas em toda a sua riqueza, a conexão e os vínculos fortalecidos são essenciais no cotidiano da criança. E conseguir isso talvez tenha mais a ver com uma tentativa de simplificar a vida neste momento, de se cobrar menos, de viver mais no momento presente - e garantir que a presença seja o elemento de estabilidade e segurança para as crianças.


Pensando nisso, nós escolhemos para hoje livros que falam sobre a importância das coisas pequenas para a valorização da vida e do presente. Coisas que passam despercebidas no meio de uma rotina frenética, mas ganham perspectiva num momento como este, de desaceleração. Esperamos que ler juntos se torne uma dessas coisinhas à toa que fazem a gente mais feliz :)

Série Coisinhas à toa que deixam a gente feliz

Otávio Roth | Ruth Rocha, Editora Salamandra


Os dois primeiros livros da série, do artista plástico e escritor Otávio Roth, são dos anos 1990 e têm prefácio de Ruth Rocha, que resolveu criar dois novos títulos. As novas edições foram ilustradas pela Mariana Massarani e reúnem em páginas cheias de cor e humor pequenas felicidades que, de tão aparentemente banais, talvez passem despercebidas: estourar plástico bolha, começar um caderno novo, cheiro de mato molhado, travesseiro macio, espaguete al dente etc. Este é um ótimo momento para celebrar essas coisinhas e agradecer por elas. Aliás, que tal criar uma lista compartilhada de coisas à toa que deixam a sua família mais feliz?

Pequena coisa gigantesca

De Beatrice Alemagna, Editora Martins Fontes


Neste livro grande - no tamanho, inclusive! -, a ilustradora italiana Beatrice Alemagna faz um lindo lembrete para todo mundo: a felicidade na maioria das vezes vem disfarçada de coisas pequenas, tanto que muita gente vive esperando por ela, mas não a vê nem sabe reconhecê-la quando ela aparece de repente por aí. Um livro para a vida toda!


A coisa perdida (este livro é mais indicado para leitores maiores, a partir do Fund. 2)

De Shaun Tan, Editora SM


Como boa parte de seus livros, esta obra do autor e quadrinista australiano Shaun Tan é bem filosófico, tocante e cheio de perguntas em aberto. Um dia, um menino encontra uma gerigonça não identificada bem na areia da praia e, apesar de enorme e muito esquisita, ninguém mais parece perceber que ela está lá. Ele então se dedica a ajudar essa coisa a encontrar um lugar, apesar de ela também não parecer ter vindo de lugar nenhum - é simplesmente uma coisa perdida, sem uma função imediata numa cidade distópica, sem nenhum verde, onde todo mundo parece estar superocupado com coisas "importantes". Alguém já viu esse filme? Pois é, tem filme mesmo, que ganhou o Oscar de melhor curta de animação em 2010 e vocês podem assistir ali embaixo! Uma obra incrível sobre toda a parafernália supérflua e efêmera que a nossa sociedade produz e consome sem parar e sem pensar; sobre o que é realmente necessário e importante; sobre prioridades; sobre presente e futuro; e sobre muito mais. Apenas leiam!



#quarentena #coronavirus #casa #prioridades