• Paula Lima

    O livro certo para você - e o Dia Internacional da Mulher

    Olá, pessoas da Unidade 2 do Colégio!


    Este post vai falar um pouco sobre alguns livros legais que provavelmente vocês não sabem que temos na nossa Biblioteca - e, olha, tem muita coisa. Como nesta semana é celebrado o Dia Internacional da Mulher, vamos começar com quatro sugestões de livros sobre mulheres que foram escritos por mulheres. Queremos saber o que vocês acharam, assim vamos conhecendo melhor o perfil leitor de vocês. Nós acreditamos que, às vezes, o que você acha que é #nãogostodeler é só #aindanãoacheiolivrocerto.


    Então, comentem lá embaixo, passem aqui na Biblioteca pra conhecer o acervo e, caso queiram escrever para o Blog um comentário - ou resenha ou crítica - sobre algum livro que tenham gostado de ler, este é um espaço aberto para os alunos ;)


    Mas vamos lá.


    Bom, primeiro: vocês viram que a Malala e a Greta se conheceram pessoalmente, certo? O encontro rolou na Universidade de Oxford, onde a Malala estuda filosofia, política e economia (um curso chamado de PPE> Philosophy, Politics and Economics). Por isso vamos começar com esses dois aqui


    Somos todos Greta - Inspire-se para salvar o mundo

    Autora: Valentina Gianella

    Editora: V&R

    Ano: 2019


    Escrito por uma jornalista italiana, este livro é, segundo sua editora, "um manual de ativismo ambiental para a nova geração", com 128 páginas de capítulos curtos. Usando como exemplo a história da sueca que, em 2018, se postou em frente ao parlamento de seu país e deu início a uma greve escolar para protestar contra as mudanças climáticas, o título faz uma compilação de informações científicas fundamentais para essa discussão. A imagem de Greta Thunberg correu o mundo e hoje ela é reconhecida internacionalmente como uma das principais ativistas pelo meio ambiente. O livro fica no Espaço Cultural do Colégio, mas é só pedir que a gente traz ele pra cá.



    Eu sou Malala

    Autora: Malala Yousafzai

    Editora: Companhia das Letras

    Ano: 2013


    Ela ficou tão famosa no mundo todo que entrou para o rol das pessoas que são reconhecidas pelo primeiro nome. Tipo a Madonna. Até daria para dizer que ela virou uma celebridade, não fosse sua história dramática e tudo o que ela representa: Malala criou um blog para protestar contra o Talibã e defender o direito de estudar das meninas no Paquistão e, por isso, foi baleada na cabeça em 2012, quando ia para a escola. O atentado não foi suficiente para calar sua voz: ela sobreviveu, ganhou um Prêmio Nobel da Paz aos 17 anos e hoje é um dos principais nomes na defesa da educação de meninas em países onde esse direito básico ainda é proibido. Este livro, escrito em parceira com a escritora inglesa Christina Lamb, conta em detalhes essa história tão inacreditável quanto fascinante.



    Um corpo na biblioteca: um caso de Miss Marple

    Autora: Agatha Christie

    Editora: Harpercollins

    Ano: 2017


    Vocês já leram alguma coisa da Agatha Christie? Se não - apenas leiam. Sério, é aquele tipo de leitura que você não vai conseguir largar até descobrir quem é o assassino da história. A autora é conhecida como a Dama do Crime porque escreveu muitos livros de mistério e suspense, chamados de romances policiais. O personagem mais famoso dela é o detetive Hercule Poirot, figura central, por exemplo, de O assassinato no Expresso do Oriente - que virou filme recentemente. Temos aqui na Biblioteca uma edição nova linda desse clássico, assim como do título aqui do lado. Em Um corpo na biblioteca, a figura central é uma detetive, Miss Marple, uma senhora que foi inspirada na avó da autora. Imperdível!



    Mary Poppins

    Autora: P. L. Travers

    Editora: Zahar

    Ano: 2017


    O filme é antigo e acabou ficando bem diferente do livro, mas é maravilhoso - assim como a trilha sonora. Tem também outro filme, que conta a história de como a autora - o P. é de Pamela - resolveu vender os direitos de Mary Poppins para que Walt Disney fizesse o referido longa-metragem, de 1962. Mas então. A história se passa na Inglaterra, onde uma família - digamos, desatenta - com quatro filhos contrata uma babá que chega voando de guarda-chuva para cuidar das crianças. A psicodelia não para por aí: Mary tem amigas que penduram as estrelas no céu, conversa com o cachorro do vizinho, tem um tio que vai parar no teto de casa de tanto dar risada e participa de um encontro noturno muito louco no zoológico, com bichos falantes e tudo. Ela é bem séria com Jane, Michael e os gêmeos, mas o livro é lindo e muito divertido.


    #literatura #biblioteca #diainternacionaldamulher

    109 visualizações