• Paula Lima

Natureza aqui dentro


O contato das crianças e dos jovens com natureza é fundamental para o seu desenvolvimento e bem-estar: brincar livremente em ambientes naturais melhora a imunidade, a memória, o sono, a capacidade de aprendizado e concentração, a sociabilidade e a habilidade física. Também contribui para o equilíbrio e a autorregulação emocional em jovens que vivem na cidade, ajudando a evitar casos de depressão e ansiedade. E como manter esse contato quando estamos em quarentena e o inverno está logo aí?


Leia mais:

[Tá de brincadeira?]


Pensando nisso, o programa Criança e natureza elaborou este documento com sugestões para as famílias colocarem em prática e compilou outras dicas superlegais para aproveitar o "lá fora", mesmo quando estamos todos "aqui dentro". Destacamos aqui algumas delas:


Cartas na janela

Mais uma vez, as janelas nos ajudam a passar por este momento com mais poesia! O documento abaixo, criado pelo Ser criança é natural, traz um jogo para imprimir, colocar as cartas num pote e tirar uma por dia: cada uma delas têm uma proposta para fazer pela janela, como observar o formato das nuvens, desenhar a paisagem, enumerar os animais que você vê, descobrir a direção do vento etc. Cada proposta vem explicada com dicas no final do documento. Para saber mais, é só clicar aqui!

experienciasPelaJanela_SerCriancaÉNatur
Download • 20.54MB




Trilhas e canoagem virtual no Parque das Neblinas

Como todos já perceberam, a tecnologia pode ser uma aliada neste momento. No YouTube do Instituto Ecofuturo, dá para "realizar trilhas e canoagem em rios dentro da Mata Atlântica, assistindo aos vídeos produzidos em realidade virtual com imagens em 360º, uma nova maneira de conectar-se com a natureza".


Contação de histórias sobre a natureza

No perfil Natureza de criança, do Instagram, há contações de histórias e leituras de livros sobre a natureza para crianças pequenas!


"Árvores do Brasil" ilustradas por Laurabeatriz

Além disso, destacamos também o Coletivo miudezas, que tem postado uma fotografia de natureza todas as sextas no Instagram para que os seguidores façam um desenho representando a imagem de acordo com o que veem - e as crianças são convidadíssimas a criar as suas versões! A proposta foi chamada de "miudeza viva", um "gênero de desenho em que se representam coisas ou seres vivos". O feed do Coletivo ficou lindo com os desenhos das miudezas vivas!


Para complementar, vamos aos livros? Nós selecionamos aqui livros informativos e de poesia que, de maneira bem especial, representam a natureza em suas mais variadas formas, para enriquecer o imaginário infantil com plantas, bichos, paisagens e ar livre!


Abecedário de aves brasileiras | Abecedário de bichos brasileiros

De Geraldo Valério, Martins Fontes

O artista plástico brasileiro Geraldo Valério criou as ilustrações destes dois livros informativos sobre a nossa fauna por meio de colagens - uma marca da sua obra! Para cada letra do alfabeto, encontramos um animal e uma ave do Brasil, com informações sobre seu habitat, hábitos alimentares etc. Os leitores ficam vidrados no visual colorido e impactante com que são retratados os beija-flor, a arara, o tucano, o tamanduá, a onça, o boto e muitos outros bichos da nossa natureza.


Árvores do Brasil - Cada poema no seu galho

De Lalau e Laurabeatriz, Peirópolis


Pau-brasil, araucária, jequitibá, ipê-roxo, buriti, juazeiro, umbuzeiro, jenipapo, castanheira-do-pará, mogno... Esses são os nomes deliciosos de algumas das quinze espécies de árvores que aparecem representadas neste livro lindo de poemas da dupla Lalau e Laurabeatriz. No final, há também informações científicas e características de cada uma delas! A editora Peirópolis descreveu o papel das árvores da seguinte maneira e nós concordamos plenamente: "verdadeiras maravilhas da natureza que nos dão sombra e frutas, evitam que a erosão acabe com nossos rios, oferecem abrigo e alimento aos bichos e passarinhos, ajudam a retirar poluentes do ar que respiramos e deixam a vida mais bonita e florida".



Bebês brasileirinhos: Poesia para os filhotes mais especiais da nossa fauna

De Lalau e Laurabeatriz, Companhia das Letrinhas


Outro livro de Lalau e Laurabeatriz, a dupla que se consagrou por homenagear bichos brasileirinhos ameaçados de extinção com ilustrações e poemas lindos. Os brasileirinhos desta edição são todos filhotes - animais que já nascem sob a triste realidade da ameaça de deixar de existir como espécie, caso da raposinha-do-campo, da anta e da onça-pintada, entre tantos outros. No final, o livro apresenta ainda uma lista de parques nacionais e organizações envolvidas com a conservação da biodiversidade brasileira.



Cantigas por um passarinho à toa

De Manoel de Barros, Companhia das Letrinhas


"Árvores que falam, ventos que cantam, algazarras de cigarras, um menino que mora numa garça e até uma rã que sonha ser passarinho" são algumas das figuras cheias de vida e lirismo que aparecem nestes poemas de Manoel de Barros para crianças. O poeta é muito conhecido por ser afeito a seres e coisas "desimportantes" e por ter "desapetite para inventar coisas prestáveis", e sua poesia é necessária e fundamental quando se quer sair de casa de forma imaginária - ele que disse em verso: "Meu quintal é maior do que o mundo". O ilustrador desta nova edição, Kammal João, disse que seu grande objetivo para o livro foi "perceber o mundo pela ótica de um pássaro"! Uma das cantigas do título é essa que segue aqui:


"Vi uma borboleta

Sentada nos braços da manhã

Ela estava parada

embaixo de outra borboleta

Não faziam barulho

Nem piscavam.

Só o vento arregaçava as saias delas."


E aí, que tal se inspirar e fazer poesia a partir das coisas que vocês observarem pela janela?


#isoladosejuntos #poesia #janela #natureza #brincadeira