top of page
  • Foto do escritorGabriela Traversim

Aventuras linguísticas: literatura infantil em inglês.

O texto dessa semana, que antecede as férias escolares, faz uma retrospectiva dos livros adotados neste semestre, nos quatro primeiros anos do Ensino Fundamental no ensino de língua inglesa. Wilfrid Gordon MacDonald Partridge, escrito por Mem Fox foi o escolhido para o 2º ano. Clever Jack Takes The Cake, escrito por Candace Fleming, para o 3º ano. The Minpins, para o 4º e Fantastic Mr. Fox para o 5º ano, ambos do Roald Dahl. A construção do repertório linguístico é muito importante e a literatura serve de base para esse desenvolvimento. Com a língua inglesa, não poderia ser diferente da nossa língua materna, por isso a importância da literatura ser lida pelas crianças desde cedo, nos textos originais e com autores nativos para a ampliação desse repertório.



Em "Wilfrid Gordon MacDonald Partridge", Mem Fox encanta os leitores com uma história tocante sobre a amizade intergeracional. Wilfrid, um menino pequeno, embarca em uma jornada emocional para ajudar uma amiga idosa a recuperar suas memórias perdidas. Com sensibilidade, o livro explora como a juventude e a sabedoria podem se unir para preservar lembranças preciosas. Publicado pela primeira vez em 1984, na Austrália ganhou, no ano seguinte, pelo “Children's Book Council of Australia” o prêmio de “Picture Book of the Year.” Já no Brasil, o livro foi traduzido sob o título de “Guilherme Augusto Araújo Fernandes”.



Já o título "Clever Jack Takes the Cake", escrito por Candace Fleming e ilustrado por G. Brian Karas, é conhecido no Brasil como “João esperto leva o presente certo”. Nesta história, somos transportados para uma aventura repleta de esperteza e generosidade onde conhecemos Jack, um menino determinado a levar um bolo para a festa real. Neste trajeto, ele enfrenta desafios inesperados que exigem sua astúcia. Este conto cativante celebra a perseverança e a bondade, com uma reviravolta encantadora no final. Uma curiosidade fascinante sobre o livro é que ele é uma adaptação de um conto folclórico tradicional europeu. A história originalmente inspirada por contos de fadas antigos, foi reinventada pela autora em uma narrativa contemporânea que mantém o encanto e a magia das histórias clássicas. 



"The Minpins" ou “Os Minpins” de Roald Dahl, convida os leitores a entrarem em um mundo de fantasia habitado por seres minúsculos que vivem nas árvores. Billy, o protagonista, descobre um segredo sombrio no coração da floresta proibida e embarca em uma corajosa jornada para salvar seu povo dos perigos do temível Gruncher. Com sua narrativa cheia de suspense e imaginação, Dahl mais uma vez encanta leitores de todas as idades. Uma informação fascinante sobre "The Minpins" é que ele foi ilustrado por Patrick Benson, um ilustrador britânico conhecido por seu trabalho detalhado e atmosférico, que trouxe à vida as criaturas mágicas e os cenários fantásticos descritos por Dahl. As ilustrações de Benson complementam perfeitamente a narrativa, ajudando a criar um mundo visualmente envolvente para os leitores explorarem junto com as aventuras de Billy e dos Minpins. O livro foi publicado pela primeira vez, em 1991, depois do falecimento do autor, que aconteceu em 1990.



E por fim, mas não menos importante, o “Fantástico senhor raposo”, que originalmente é conhecido como "Fantastic Mr. Fox". Roald Dahl nos presenteia com outra aventura emocionante, desta vez protagonizada por um astuto Sr. Raposo e sua luta contra três fazendeiros gananciosos. Com seu estilo único e humor característico, Dahl cria uma história sobre coragem, astúcia e a importância da família. Este clássico moderno continua a encantar leitores com suas reviravoltas engenhosas e personagens memoráveis. Originalmente publicado em 1970, Dahl se inspirou pela sua própria fazenda em Buckinghamshire na Inglaterra, onde ele vivia na época. Roald Dahl era apaixonado por animais e natureza, e muitos dos personagens e cenários de seus livros refletem essa afinidade. 

O cineasta Wes Anderson adaptou a obra para o cinema em uma animação de Stop-Motion, lançada em 2009. As vozes dos personagens foram interpretadas por personalidades famosas de Hollywood, como George Clooney, Meryl Streep, Bill Murray, Jason Schwartzman, Willem Dafoe e Owen Wilson. No ano seguinte, o longa foi indicado ao prêmio de Melhor Animação do Oscar e também ao Globo de Ouro, na mesma categoria.



Segundo a coordenadora pedagógica do USchool, Carla Borges, "a importância da leitura de livros de literatura em Língua Inglesa se dá pela compreensão da diversidade que uma língua carrega. A leitura pode ser uma grande aliada para a aprendizagem de uma segunda língua, pois aprendemos novas palavras, praticamos a entonação e pronúncia e expandimos nossa visão de mundo, pois a língua também reflete a cultura daqueles que a falam. Além disso, auxilia na escrita, pois nos habituamos aos padrões do sistema de escrita do idioma". 


53 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page