top of page
  • Dayan Marchini

Aniversário de Daniel Munduruku

Escritor, professor e ativista indígena brasileiro, Daniel Munduruku é sobretudo, hoje, um dos maiores nomes dos povos originários do país. Através de suas obras, em geral direcionadas ao público infantojuvenil, o autor dialoga com a temática nativa, trazendo informações sobre diversidade e cultura. No dia 28 de fevereiro é comemorado seu aniversário e, embora os não seja um costume dos indígenas comemorar esta data, não poderíamos deixar de homenageá-lo pelo seu legado.


Munduruku nasceu em 1964, em Belém, no Pará. Formado em Filosofia, História e Psicologia pelo Centro Universitário Salesiano de São Paulo (UNISAL), fez mestrado e doutorado em Educação pela Universidade de São Paulo (USP) e pós-doutorado em Linguística pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). É diretor-presidente do Instituto Uk'a - Casa dos Saberes Ancestrais.


Vindo de uma tradição guerreira, o povo Munduruku dominava culturalmente a região do Vale do Tapajós, que durante o século XIX era conhecida como Mundurukânia. Hoje, sua luta se resume à defesa contra o garimpo ilegal, projetos hidrelétricos e a construção de uma grande hidrovia no Tapajós. Em relação à sociolinguística, por conta de diferentes momentos da História, parte da população é bilíngue. Alguns falam unicamente a língua materna e há situações em que o idioma cai em desuso, devido ao domínio quase exclusivo do Português.


Dentre suas diversas premiações está o Prêmio Jabuti na categoria Literatura Infantil e Juvenil em 2018. Também recebeu uma menção de honra da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) no Prêmio Literatura para Crianças e Jovens na Questão da Tolerância. Membro da Academia de Letras de Lorena, ganha destaque com as obras “O banquete dos deuses – conversa sobre a origem e a cultura brasileira” (2013) e "Contos indígenas brasileiros” (2016).


Seu trabalho vai além e Daniel Munduruku participa de forma ativa de palestras e seminários, destacando o papel da cultura indígena na formação da sociedade brasileira. Completando 59 anos de idade, sua figura ativa na atualidade representa parte da história nacional e de sua preservação. Respeitar os povos originários é honrar nossa cultura e formação. Desejamos vida longa a Munduruku!

Estes são alguns dos livros de Daniel Munduruku que nós temos no acervo da nossa biblioteca!

89 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page