• Paula Lima

Dia Internacional da Mulher e 1 ano de Blog!


Gente, ontem o nosso Blog fez 1 ano! Vocês acreditam? No dia 7 de março de 2017, véspera do Dia Internacional da Mulher, nós publicamos nosso primeiro post, que foi sobre a menina mais forte e independente do mundo: Píppi Meialonga! De lá para cá, foram 40 posts, uma resenha de uma leitora, a criação de uma seção para o pessoal do Ensino Médio e muita conversa boa sobre livros!

Para comemorar as duas datas, o livro escolhido de hoje é As cientistas: 50 mulheres que mudaram o mundo, da autora e ilustradora Rachel Ignotofsky, publicado pela editora Blucher. Pois é, em geral, quando a gente pensa em cientistas, dificilmente vem a imagem de uma mulher na cabeça, né? Porém, as mulheres cientistas são e foram muitas, o que faltou por muito tempo foi espaço para trabalhar, verba para pesquisa e reconhecimento. Com ilustrações divertidas e informações dispostas de um jeito fácil de acessar, este livro informativo homenageia algumas delas.


Aqui nós vamos falar sobre aquela que talvez seja a mais famosa: a polonesa Marie Curie. Nascida em 1867, Marie trabalhou como governanta para financiar os estudos da irmã e depois foi para Paris, estudar na Sorbonne. Ela foi pioneira no estudo da radioatividade com seu marido, Pierre Curie, e a primeira mulher a obter um doutorado na França. Também foi a única pessoa que já recebeu o prêmio Nobel em duas disciplinas diferentes: o primeiro foi em física em 1903, pela descoberta da radiação; o segundo, em química em 1911, pela descoberta dos elementos rádio e polônio e pela pesquisa com eles (as imagens aí de baixo estão em inglês porque foram tiradas do site da ilustradora!).


Ela acabou tendo problemas graves de saúde pelo contato com os elementos radiativos, mas descobriu que o rádio podia ser usado no tratamento contra o câncer. Além disso, durante a Primeira Guerra Mundial, criou caminhões equipados com raio-X, que ela dirigia pelos campos de batalha com a filha para ajudar a tratar dos soldados feridos.

E aí, quem já tinha ouvido falar dela?

Mas Marie Curie é só uma das cientistas brilhantes retratadas neste livro. Tem também a história de Hipátia, uma egípcia de Alexandria que viveu no século IV depois de Cristo e foi astrônoma, matemática e filósofa; de Maria Sibylla Merian, entomologista e ilustradora científica alemã que estudou a metamorfose das borboletas no século XVII; de Barbara McClintock, a primeira pessoa a fazer o mapa genético completo do milho (ela era considerada um problema na Universidade do Misouri porque usava calça e nunca conseguiu espaço para continuar suas pesquisas lá); de Rosalind Franklin, que descobriu a estrutura de dupla hélice do DNA (James Watson e Francis Crick, que trabalhavam na mesma universidade que ela, espionaram a pesquisa de Rosalind e ganharam o prêmio Nobel pela descoberta que tinha sido dela).


Há ainda psicólogas, médicas, engenheiras, geólogas, astrofísicas, astronautas, programadoras e muitas outras mulheres que foram pioneiras em STEM (Science, Technology, Engineering, Mathematics, na sigla em inglês). As cientistas traz ainda um gráfico que mostra que a força de trabalho nessas áreas, apesar de o número de mulheres ter aumentado significativamente em quarenta anos, ainda era composta de 76% de homens e só 24% de mulheres em 2011 :(


E aí, meninas,vocês já pensaram alguma vez em ser cientistas? Vocês sabiam, por exemplo, que a Mayim Bialik, a atriz que interpreta a Amy na série The Big Bang Theory, é neurocientista de verdade, formada pela Universidade Stanford dos Estados Unidos?


Pra quem quiser saber mais sobre mulheres e ciência, tem também o filme Estrelas além do tempo, com a Taraji Henson, a Octavia Spencer e a Janelle Monaé, que conta a história real de três matemáticas que trabalharam na NASA nos anos 1960, durante a Guerra Fria e a corrida espacial. A personagem da Taraji Henson, Katherine Johnson, entre várias outras coisas, calculou a trajetória do Apollo 11!

Bom, o livro vai estar disponível no nosso novo espaço, mas, quem quiser, pode dar uma olhada aqui!

Livro: As cientistas

Autora: Rachel Ignotofsky

Ilustradora: Rachel Ignotofsky

Editora: Blucher

Páginas: 128

#DiaInternacionaldaMulher #Cientistas #MarieCurie