• Fernanda Naracci Slonik

Você está pronto para desacelerar?

Autoria de Fernanda Naracci Slonik, professora do 2º ano, do Ensino Fundamental, licenciada em Pedagogia, pela Faculdade Wlademir dos Santos "WlaSan".


Vivemos em um mundo tão vertiginoso que acabamos tropeçando em nós mesmos. Realizando os mesmos movimentos de ir e vir diariamente, esbarrando com as mesmas pessoas e repetindo diversas ações de modo automático. Inesperadamente o mundo parou e toda rotina frenética desacelerou! Foi quando recebi de uma professora muito querida, a indicação de leitura “As coisas que você só vê quando desacelera”.



Este livro nos leva a refletir sobre a importância de diminuir o ritmo para nos reconectar com a nossa sabedoria interna e, assim, olhar com clareza o que se passa ao nosso redor. Afinal, o mundo é um reflexo do que se passa dentro de nós.


O livro é dividido em oito capítulos, em que o autor Haemin Sunim, aborda diversos assuntos complexos e corriqueiros, que acometem a rotina de várias pessoas. Cada parte é iniciada com um pequeno texto autoral e na sequência são apresentadas, o que o autor chama de “pílulas de conhecimento'': frases escritas por ele ou por grandes pensadores como Gandhi e Buda.


Já no primeiro capítulo o autor traz um grande questionamento “Quando tudo ao meu redor está indo rápido demais, eu paro e me pergunto: o mundo é agitado ou será a minha mente”. Cada capítulo traz questionamentos que fazem o leitor parar, refletir e testar técnicas ensinadas.


O autor do livro, Haemin Sunim é um monge coreano. Foto: Para Preencher.


As belíssimas ilustrações de Youngcheol Lee merecem ênfase, pois propiciam intervalos de calma e inspiração para o relaxamento e a meditação durante a leitura. Este é um daqueles livros que você não quer que chegue ao fim, uma leitura que deve ser sempre revisitada.


Segundo Paulo Freire, “toda palavra é palavra-mundo. Ao ser lida, a palavra-mundo reúne o que era o mundo de fora com o que é mundo de dentro. Por isso, nenhuma leitura é igual e ninguém lê o mesmo livro, nem mesmo quando o lê pela segunda vez”.


Durante a leitura é perceptível a belíssima distribuição dos pensamentos do autor, com exemplos práticos e simples. Realize a leitura curtindo cada página, cada ilustração e releia sempre que sentir a necessidade, tenho certeza que cada leitura terá um novo sentido e significado.


Referências:

FREIRE, Paulo. A importância do ato de ler. Em três artigos que se completam. 49ª ed. São Paulo: Cortez, 2008.

SUNIM, Haemin. As coisas que você só vê quando desacelera. Rio de Janeiro: Sextante,2017.





433 visualizações4 comentários

Posts recentes

Ver tudo