• Paula Lima

Primeiro dia de aula à vista!



Ainda tem um tiquinho de férias para aproveitar antes do início de mais um ano de descobertas e convivências aqui no Colégio. Enquanto famílias e crianças se organizam para o retorno, o Blog do Uirapuru traz aqui uma conversa com a orientadora educacional do Ensino Fundamental 1, Thaís Peluzo, em que ela fala sobre esse momento de mudanças e como passar por ele de maneira tranquila.


“As crianças ainda estão de férias, mas já com essa expectativa, ansiosas com tudo que é novo: turma nova, professora nova, novo segmento, escola nova para alguns”, diz Thaís. E qual é a função dos pais neste momento? Segundo a orientadora, é fortalecer a criança e passar segurança para ela. Quanto mais segura a família estiver, mais tranquila a criança vai ficar para vir para a escola. Mas como, exatamente? Bom, vamos lá:


  • Entenda e aceite que o que é novo sempre gera insegurança, mas as mudanças acontecem na vida o tempo todo, então é preciso enfrentar esse novo.


  • Valide os sentimentos e permita que a criança vivencie essas novidades. É só por meio da experiência que ela consegue perceber que a realidade pode ser mais suave que a expectativa que havia criado.


  • Fale sobre o quanto o começo das aulas vai ser gostoso! Converse com ela e dê apoio para conhecer a turma nova, para estar junto dos novos amigos e da nova professora. É importante que ela vivencie essas experiências. Além da autonomia de criar uma opinião com base no que viveu, a criança vai amadurecer para outros momentos de mudança e transição.


  • Trate da situação com simplicidade: é uma mudança, mas que ocorre num ambiente extremamente seguro. Diga para ela que as pessoas ali têm o mesmo objetivo da família, que é o desenvolvimento integral dela; que ela esteja bem e feliz. É importante que a criança saiba e sinta que não está sozinha e que tem uma rede de apoio no Colégio e na família.


Segundo Thaís, vale reforçar esse ponto: que a escola e a família estarão juntas nesse momento de adaptação e ao longo do ano, para que a criança fique bem. Se por algum motivo for preciso fazer ajustes, isso acontece por meio de muito diálogo e de maneira refletida e compartilhada entre a criança, a escola e a família.



Além disso, o Colégio já está pronto para receber os alunos. “Nós estamos preparando esse ambiente para que o primeiro dia seja muito acolhedor e para que esse clima se mantenha. Ao longo das primeiras semanas, há uma preocupação com foco na adaptação: as atividades e aulas são planejadas para isso, os momentos são todos pensados para que haja integração entre a turma, com a professora, com o ambiente escolar para quem mudou de escola ou de prédio. Isso tudo é pensado.”


Ela também lembra que, por menores que sejam as mudanças de um ano para o outro, mesmo que a turma seja praticamente a mesma, sempre se cria uma nova identidade de grupo. “Sempre é uma nova unidade: tem o aluno novo que entra, tem aqueles que mudaram de cidade, tem uma nova equipe docente. E, mais uma vez, é importante dar espaço para que a criança vivencie tudo isso.”



Então, desejamos a todos um ótimo último dia de férias e um início de ano letivo acolhedor e tranquilo para todos!


Para finalizar, que tal uma leitura em família para deixar este momento ainda mais especial? Nós temos aqui algumas sugestões do nosso acervo - e deixamos o convite para que os pais venham conhecer e frequentem a nossa biblioteca!



A carta do Gildo

De Silvana Rando, Editora Brinque-Book


Vocês já conhecem o Gildo, certo? É o elefantinho mais amado da literatura infantil brasileira, que conquistou um Prêmio Jabuti para a autora e ilustradora Silvana Rando em 2010. Pois é, nesta história, ficamos sabendo que a Catarina, amiga de escola do Gildo, mudou de colégio no começo do ano. A turma toda resolve escrever cartas para saber como a amiga está, mas acontece uma confusão no correio e só o Gildo não recebe a carta de resposta - e ele fica muito chateado.


Mu, um extraterrestre na escola

De Paula Browne, Editora Rocco


Mu é um menino alienígena que chega na Terra por engano e, por sorte, conhece a Dona Firmina, uma professora que não consegue ver criança nenhuma fora da escola! Ela decide cuidar dele enquanto os pais não aparecem e o leva para sua sala de aula. Apesar de ser diferente dos colegas de classe e de ler de ponta-cabeça, não é que o Mu é muito bem recebido e se adapta à sua nova vida escolar?


Eloísa e os bichos

De Jairo Buitrago, Editora Pulo do Gato


Eloísa muda de cidade com o pai e tem que encarar um monte de coisas novas. Uma delas é a escola e, gente, ela se sente um verdadeiro bicho estranho. As ilustrações e a sensibilidade do texto se harmonizam lindamente para evidenciar o estranhamento da personagem e a maneira como, aos poucos, ela começa a se acostumar e a se sentir pertencente à nova realidade.


#voltaàsaulas #mudanças #orientação #segurança #família #acolhimento #adaptação