top of page
  • Dayan Marchini

O que você faz com uma oportunidade?

Se ponderarmos nossa vivência, os momentos de desafio são maiores dos que os de oportunidade, logo, quando algo bom acontece, titubeamos, assustamos e até ficamos em dúvida sobre como lidar. Em “O que você faz com uma oportunidade”, Kobi Yamada nos apresenta um olhar sensível sobre como reagimos diante de uma chance e o quão estamos dispostos a arriscar para viver o novo.


Nesta obra, um garotinho se depara com uma oportunidade e se pergunta o que fazer com ela, que fica girando ao seu redor e agindo como se o conhecesse e quisesse se aproximar, mas sem saber o que fazer e com um tanto de medo, ele recua e ela vai embora.


Pensando sobre o ocorrido, a criança se arrepende e nota que queria muito aquilo, apenas não tinha coragem ainda. De todo modo, decide que não irá perder na próxima vez. Sabemos que nossos desejos são gigantes e, às vezes, ocorrem de nos assustar. Querer tanto algo que parece inalcançável e, em determinado momento, perceber que não é tão impossível assim, faz com que as emoções tomem conta, fazendo com que se perca o que praticamente estava ganho.


Até que, de novo, outra oportunidade aparece e o garotinho decide que vai agarrá-la agora! Acontece que nem todo mundo entende a gente ou sabe o suficiente sobre a gente… As pessoas reparam, julgam e acabamos por sentir vergonha e desistir. Assim, depois de uma queda indo em busca do que queria, o menino a deixa ir mais uma vez.


Cansado, decide que não queria mais se sentir assim e passa a ignorar toda oportunidade que aparece. Quanto mais ignorava, menos elas apareciam; só que isso também começou a incomodá-lo e ele chegou à conclusão de que não precisava ser corajoso o tempo todo, apenas precisava ser corajoso no momento certo. Então, prometeu a si mesmo que não iria mais hesitar! Iria estar pronto e fazer o que precisava ser feito.


Com um final motivador, dentro das lindas ilustrações de Mae Besom, a história sobre o que se fazer com uma oportunidade também leva a pensar sobre como estamos conduzindo nossa vida e nossos sonhos. Ou como esclarece a sinopse: “Esta é uma história para qualquer pessoa, em qualquer idade, que já tenha desejado algo em algum momento, mas que teve receio de arriscar demais para consegui-lo”. Que você possa abraçar o inesperado e dar as mãos ao novo.

Outros dois títulos escritos por Kobi Yamada e ilustrados por Mae Besom.


185 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page