• Dalila Queiroz

Livros para bebês II

Autoria de Dalila Queiroz, Pedagoga pela ESAMC - Sorocaba, pós graduanda em Educação Infantil e Alfabetização e educadora da biblioteca do colégio Uirapuru.


Vocês sabiam que ler para bebês traz inúmeros benefícios, não é mesmo? Já falamos um pouquinho sobre isso aqui no blog. Quando lemos para os bebês isso os ajuda a compreender a entonação de voz, os fonemas da língua materna, desenvolve a memória, a concentração, a criatividade, a imaginação, a inteligência emocional, o relacionamento social, e, futuramente, o gosto pela leitura! Sem falar na troca de carinho entre bebê e adulto, que esse momento proporciona.


Para que este momento se torne mais gostoso e confortável e a partir da nossa experiência de empréstimos de livros do berçário, separamos algumas dicas de como tornar esse momento inesquecível:

  • Escolha um local confortável; o local é fundamental para que o bebê sinta-se acolhido;

  • Escolha posições confortáveis para você e para o bebê! Pode ser sentado ou até mesmo deitados em uma cama;

  • Deixe que o bebê segure o livro (quando já conseguir fazer isso) e ensine-o a virar as páginas;

  • Use e abuse das entonações da voz, dos gestos e das mímicas! O bebê adora! Perca a vergonha e o medo de improvisar, ele não repara nisso;

  • Leia em velocidade normal, mas faça comentários e mostre as figuras, é importante que o bebê tenha a experiência completa;

  • Crie uma rotina! Leia sempre nos mesmos momentos do dia, por exemplo, antes de dormir, faz com que o bebê entenda a leitura como um hábito e isso repercute em sua vida toda;

  • Reserve um local para guardar os livros. Pode ser uma estante ou até mesmo uma caixa, algo que fique fácil para o bebê alcançar e ter acesso sempre que ele sinta vontade;

  • Ensine que os livros são preciosos e precisam de cuidados. Todo livro merece ser bem cuidado e possui um valor inestimável;

  • E, por último, mas não menos importante, seja o exemplo do seu bebê. Para ele os pais, e os adultos em geral, são modelos a serem seguidos em vários aspectos e na leitura não poderia ser diferente;

Mas daí vem mais uma pergunta: quais livros são os mais indicados para bebês? No post anterior, indicamos algumas leituras e sempre reforçamos que qualquer livro é indicado para ler com bebês. Mas para que eles curtam a história, trouxemos algumas indicações que integram o acervo da nossa biblioteca do berçário:


Livros brinquedos

Um livro-brinquedo é um convite a interação e despertam o interesse. São livros com fantoches, bonecos, jogos, abas etc. Eles adoram, pois são livros interativos e que vão além da leitura.



Cocô no trono, Benoit Charlat - Cia das Letrinhas e A grande caixa de livrinhos do bebê, Janet e Allan Ahlberg - Cia das Letrinhas.



Livros musicais

A música funciona como um instrumento auxiliar de comunicação. Livros musicais estimulam a criatividade, a musicalidade, a audição e a percepção dos bebês.


A Casa, Vinicius de Moraes. Ilustrações de Silvana Rando - Cia das Letrinhas e Tic Tic Tati, Fortuna. Poemas e histórias de Tatiana Belinky, Composições de Hélio Ziskind em parceria com Fortuna, Gabriel Levy e Tarsila Amorim. Direção Geral Roberto Lopes, Edições SESC.



Livro de banho

É uma ótima opção para introduzir o bebê no mundo da leitura e tornar o banho mais gostoso, divertido e relaxante. Eles são feitos de plástico, podem ser molhados e dificilmente são danificados.




Coleção Gildo e os amigos, Silvana Rando. Brinque-book na mochila, Soltei o pum na banheira, Blandina Franco e José Carlos Lollo. Cia das Letrinhas e Meu livro de opostos: grande e pequeno, Fisher - Price. Ciranda Cultural.


Livros de pano

O livro de pano ajuda as crianças a aprimorar suas habilidades, como a memória, estímulos sensoriais e visuais, autonomia e a criatividade. Também é uma ótima opção para introduzir a leitura desde os primeiros dias dos bebês.





Meu livro de pano Bebê Dinossauro e Cachorrinho, Edições Usborne.



Enfim, há muitas opções, mas não devemos nos prender somente a esses tipos de livro, como já disse, todos os livros são indicados para bebês. E quanto mais variados os gêneros que forem apresentados, maior será seu repertório e sua experiência literária.


A leitura é fundamental para o desenvolvimento e formação da criança dentro e fora da escola e por toda a vida. Com ela a criança adquire habilidade para argumentação tanto oral quanto escrita, uma postura crítica e reflexiva importante para sua formação cognitiva; quando ela lê ou ouve uma história possibilita que perceba, intérprete, questione, duvide e discuta sobre ela.


Segundo Lima (2001) os primeiros anos são especiais para o desenvolvimento da imaginação, pois ela se desenvolve a partir das experiências que se teve na infância. As atividades nestes primeiros anos farão parte do acervo de sua memória, que posteriormente será importante para sua aprendizagem escolar e para sua vida cotidiana já que a imaginação é fundamental para ajudar a enfrentar os problemas, resolver conflitos e criar novas situações.


Aqui, no Colégio Uirapuru, possuímos um acervo somente para os bebês. Onde eles têm contato diário com os mais variados livros, que são utilizados em momentos livres, na hora do banho, na hora da soneca e nas contações de histórias. A seguir vocês conferem um pouquinho como é a experiência de emprestar livros do Berçário durante a pandemia! Os empréstimos aconteceram as quartas-feiras, em sistema drive-thru. Tudo pensado com muito carinho e cuidado, para proteger, divertir e levar conhecimento aos nossos bebês.



E no fim das contas, esse dia tem um grande significado para os bebês, pois é quando eles levam para a casa um pedacinho do Berçário; além de todos os benefícios da leitura, existe um pouco de aconchego, um meio de matar a saudade, fortalecer os vínculos e a memória afetiva. A coordenadora, Fernanda Rodrigues, nos contou que recebe diversas mensagens dos pais, onde eles relatam sobre como esse momento tem contribuído para o desenvolvimento dos seus filhos: “É sempre uma festa na hora de receber os livros”; “Eles esperam ansiosos por esse momento e algumas mudanças no comportamento desses bebês já vem sendo notada”.


-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Referências

LIMA, Elvira Souza. Como a criança pequena se desenvolve. São Paulo: Sobradinho 107, 2001.