top of page
  • Foto do escritorGabriela Traversim

Indicações potentes para sair de abril ainda mais leitor

Abril é considerado o mês do livro e não é por menos: é o mês com a maior quantidade de efemérides literárias. Tivemos o dia 02 de abril, como o dia internacional do livro infantil em homenagem ao aniversário de Andersen e no Brasil, comemoramos esta data também no dia 18, aniversário de Monteiro Lobato. No dia 23, a Unesco escolheu o dia como o mundial do livro, em celebração a grandes autores que faleceram nesta data, como Miguel de Cervantes e William Shakespeare. Para encerrar este mês literário, hoje teremos indicações de livros extremamente importantes, feitos pela equipe docente do Colégio Uirapuru.


Marcela Lemos, Coordenadora do Ensino Médio: A Virtude da Raiva, de Arun Gandhi. Editora Sextante.


“Neste livro, o neto de Gandhi nos oferece uma importante e valiosa reflexão. Como a raiva que sentimos pode ser um motor que motiva e nos apoia na vida? Ao apresentar diversas vivências com seu avô, Arun Gandhi escreve sobre como passou a enxergar que seu espírito agitado e "raivoso" poderia ajudá-lo a melhorar como ser humano e se desenvolver a cada dia utilizando a raiva como força motriz.

Este livro foi um divisor de águas para mim, pois comecei a perceber que alguns pontos de sombra que temos podem se transformar em pontos de luz, de acordo com a nossa disposição para enxergá-los e trabalhá-los.”


Stephanie Claro, professora de Português do 5º ano: O Jardim Secreto", de Frances Hodgson Burnett (1911).


“Após a leitura deste livro, passei a acreditar na existência de um jardim secreto, no qual podemos cultivar nossos sonhos e aprender a cuidar dos nossos medos, pois eles também precisam ser trabalhados. A importância da amizade em nossas conquistas também é algo muito potente neste livro, nos ajudando a perceber os verdadeiros milagres da vida.”


Davi Gutierres e Vinicius Biazotti, Monitores de Biologia: O mundo assombrado pelos demônios, de Carl Sagan. Companhia de Bolso.


Davi acredita que “este livro foi uma aula de início ao pensamento científico em minha vida! É possível enxergar o mundo com lentes que superam o famigerado senso comum e que nos guiam por um caminho árduo, porém prazeroso, de descobrir como a ciência e o ceticismo nos auxiliam no cotidiano. Recomendo a leitura para todos aqueles que buscam entender o embate entre o pensamento científico e o negacionismo científico, extremamente atual.”

Para Vinicius, o livro foi transformador: “me fez enxergar o mundo de outra forma e, até mesmo, a viver a vida de outra maneira.”


Pedro Rossi, Professor de Projetos do 5º e 9º anos: A morte de Ivan Ilitch, de Liev Tolstói. Editora Antofágica.


"A Morte de Ivan Ilitch" me fez compreender a morte de uma nova forma. O livro, como já anuncia seu título, guia o leitor ao longo dos acontecimentos previsíveis da vida do personagem principal até o seu fim fúnebre. A leitura foi especialmente transformadora para mim, talvez por reconhecer a similaridade no modo de pensar e racionalizar que temos com Ivan Ilitch no nosso curto ciclo na Terra. Assim como Ivan Ilitch, todos temos ambições, queremos o melhor para nossas vidas, queremos ver bem quem está ao nosso lado, damos tudo de nós para cada dia andar mais um passo em direção a uma vida mais confortável e tudo isso, é claro, sendo justo e fazendo as coisas "como devem ser feitas". Por tratar de forma sóbria de um tema que é delicado para a grande maioria das pessoas, eu recomendo a leitura dessa novela a qualquer um que deseje uma profunda reflexão sobre a morte e sobre a vida.

Monize Machado, Professora do Infantil 3: O Feiticeiro de Terramar, de Ursula K. Le Guin. Editora Morrobranco.


“Li ano passado e foi muito gostoso encontrar um livro de magia e aventura que destoa do clássico "bem X mal". O posfácio da autora também cria um outro olhar sobre a obra, recomendo a leitura.”

Gabriela Plens, Coordenadora da Educação Infantil: A filha esquecida, de Armando Lucas Correa. Editora Jangada.


“Eu gostei bastante do livro ‘A filha esquecida' de Armando Lucas Correa. O livro traz uma envolvente história familiar vivida na Segunda Guerra Mundial e conta os sacrifícios vividos por uma mãe que busca proteger sua família.”


Michele Leite, Orientadora Educacional do Berçário e Infantil 2 e 3: O ano da leitura mágica, de Nina Sankovitch. Editora Leya


“O livro mostra que a leitura pode ser um caminho de luz para os mais desafiadores momentos da vida. Nina, autora e personagem da história, faz um propósito de ler um livro por dia durante um ano e, durante esse período, vive a doença da irmã, os desafios da maternidade e do casamento, a vida social e, mesmo em meio às demandas do cotidiano, não abre mão do seu propósito, buscando sempre o melhor no que a vida pode oferecer.”


Patrícia Silva, professora de Gramática e Literatura do Ensino Médio: O avesso da Pele, de Jeferson Tenório e Olhos d’água, de Conceição Evaristo.


“Há muitos livros que transformaram a minha forma de olhar para o mundo, em diferentes momentos da minha vida, mas mais recentemente posso citar duas obras: O avesso da pele, de Jeferson Tenório (Companhia das Letras), e Olhos d'água, de Conceição Evaristo (Editora Pallas). Os dois livros (um romance e uma coletânea de contos, respectivamente) tratam sobre a dificuldade de ser negro/negra em um país tão racista como o Brasil e indicam possibilidades de resistência e existência nesse contexto. Ambos me ajudaram a olhar para a minha negritude e me posicionar diante dessas questões, além de serem verdadeiros presentes de qualidade literária, lirismo e fruição estética.”


Ao final de todas essas indicações tão significativas, deixo a minha contribuição com um pequeno trecho de um livro que estou lendo atualmente e que resume, genuinamente, o poder da leitura nos seres humanos:

"É isto que eu amo na leitura: uma pequena coisa o interessa num livro, e essa pequena coisa o leva a outro livro, e um pedacinho que você lê nele o leva a um terceiro. Isso vai em progressão geométrica - sem nenhuma finalidade em vista, e unicamente por prazer."

A sociedade literária e a torta de casca de batata, Mary Ann Shaffer e Annie Barrows, Editora Rocco. 2009, p. 20.


124 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page